12 de ago de 2011

Homenagem: Onésimo


Uma singela homenagem ao centenário, Sr. Onésimo, que terminou ontem o ciclo de sua vida. À querida, Dona Mimica, que perdeu seu amor, seu companheiro de 75 anos de união. Um dia ensolarado, com céu azul, porém triste...



Sem Você 
(Antonio Carlos Jobim / Vinicius de Moraes)

Sem você 
Sem amor 
É tudo sofrimento 
Pois você 
É o amor 
Que eu sempre procurei em vão 
Você é o que resiste 
Ao desespero e à solidão 
Nada existe 
E o mundo é triste 
Sem você

Meu amor, meu amor 
Nunca te ausentes de mim 
Para que eu viva em paz 
Para que eu não sofra mais 
Tanta mágoa assim 
No mundo 
Sem você